Sexta-Feira, 14 de Junho de 2024

Em uma semana, campanha MS Pela Vida já enviou mais de 50 toneladas de doações ao RS

Centro de Convenções e Exposições Albano Franco vira centro de distribuição de doações enviadas por todo MS

Autor: Fiems

 

 

 

 

Após uma semana de operação, a campanha MS Pela Vida - Unidos pelo Rio Grande do Sul contabiliza números superlativos. Mais de 213 mil itens básicos doados pela população sul-mato-grossense, como roupas, água e produtos de higiene, somam-se a alimentos e ração animal para abastecer caminhões e aeronaves que partem diariamente com destino ao sul do país, em socorro às vítimas do maior desastre ambiental em solo gaúcho. Mais de 50 toneladas de donativos já foram enviadas ao sul do país, em uma ação que contou com o trabalho de 1,5 mil voluntários até o momento.

 

Ao destacar a parceria da iniciativa privada com o poder público para viabilizar a campanha, o presidente da Fiems, Sérgio Longen, chamou a atenção para o alerta das mudanças climáticas e o que a sociedade pode fazer para mitigar os riscos da ação do homem sobre o meio ambiente.

 

"A catástrofe do Rio Grande do Sul nos traz um alerta para o clima. Precisamos entender essa mensagem e avaliar o que fazer com essa mensagem. Temos alguns programas de neutralização de carbono avançando no Estado, estamos construídos no dia a dia. Entendo que cada brasileiro pode fazer a sua parte, como está fazendo hoje em socorro ao Rio Grande do Sul. Vamos avaliar o que cada um de nós pode mudar no dia a dia para que a gente não tenha outras catástrofes como essa em nosso país", afirmou Longen.

 

O governador do Estado, Eduardo Riedel, parabenizou a mobilização da sociedade sul-mato-grossense em prol do Rio Grande do Sul, que tem apresentado resultados concretos.

 

"Não é só uma questão de governo apoiar com homens, helicópteros ou barcos. É a mobilização de toda a sociedade civil prestar sua solidariedade ao povo gaúcho. A Fiems tem sido uma grande parceira nesse processo. O resultado é que temos milhares de pessoas envolvidas de maneira espontânea, entregando para os irmãos gaúchos aquilo que a gente pode oferecer nesse momento de dor e tristeza. Parabéns a Mato Grosso do Sul pela dedicação e pelo gesto de solidariedade", disse Riedel.

 

 

Albano Franco vira “drive-thru” para receber doações

O Centro de Convenções e Exposições Albano Franco, em Campo Grande, foi transformado em um centro de distribuição para concentrar as doações arrecadadas por entidades parceiras vindas da capital e de várias regiões do Estado. O local também funciona como ponto de coleta, onde os cidadãos podem doar de forma direta em um sistema de drive-thru.

Toda doação entregue no Albano Franco passa por um processo de separação, no qual os itens que apresentam alguma avaria são enviados ao conserto. Em seguida, é realizada a triagem para classificação dos itens por tipo e subtipo. Por fim, as doações são contadas, embaladas e ficam disponíveis para a expedição. A operação completa demanda 19 frentes de trabalho e a atuação de centenas de voluntários, de segunda-feira a sábado.

A gerente executiva do Sesi MS e coordenadora do centro de distribuição da campanha, Thallita Bressan, destaca a complexidade da operação, que requer a participação de pelo menos 150 voluntários todos os dias.

"Montamos uma verdadeira linha de produção. Somente na tarefa de triagem atuam 50 pessoas. Além das ilhas de separação, temos equipes de apoio, limpeza, logística e até saúde e bem-estar, pois também precisamos cuidar dos nossos voluntários", conta.

 

Entre os parceiros que somam esforços para dar apoio logístico à campanha está a Base Aérea de Campo Grande. Na última terça-feira (14/05), a aeronave C-105 Amazonas transportou cerca de 5 toneladas de mantimentos até o centro logístico de Brasília, um dos três pontos de apoio da Força Aérea Brasileira para fazer o escoamento de doações ao Rio Grande do Sul.

“O militar, antes de mais nada é um cidadão brasileiro. Em um momento como esse, nós incentivamos a todos que participem dessa grande ação. Vamos nos unir para recuperar o Rio Grande do Sul e o povo gaúcho com a maior presteza possível", declarou o comandante da Base Aérea de Campo Grande, brigadeiro do ar Eric Breviglieri.

 

Números consolidados da campanha até 15/05

  • 213,3 mil itens, entre roupa, produtos de higiene, roupas e kits dormitório
  • Mais de 50 toneladas de carga já foram enviadas ao Rio Grande do Sul
  • Mais de 1,5 mil voluntários atuando nas 19 frentes de trabalho
  • 32 caminhões recebidos no Albano Franco e 10 expedidos ao RS

 

Campanha

A campanha “MS Pela Vida – Unidos pelo Rio Grande do Sul” é realizada pela Fiems, em parceria com o Governo do Estado e a Energisa, com a intenção de socorrer a população gaúcha, por meio da arrecadação de itens em prol das vítimas das enchentes naquele Estado. A ação conta com apoio da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-MS), Sistema Famasul, Cassems, Viação Cruzeiro do Sul e Vitlog Transportes.

A Fiems conta com dois locais para recebimento de doações em Campo Grande: Edifício Garagem e Centro de Convenções e Exposições Albano Franco. Parceiros da campanha também recebem donativos em pontos da capital e do interior do Estado. Confira mais informações no link: https://sistema.fiems.com.br/ms-pela-vida/.

 

Fonte: Fiems

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Envie sua notícia

67 992841904

© 2024 FESTASEVENTOSTV. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.
Livre reprodução, transmissão ou redistribuição dos conteúdos sem edição. Pede-se a citação do crédito.

Site desenvolvido por: